segunda-feira, 24 de maio de 2010

Acorda Rodoviario

Vejo com muita preocupação, as ações dos rodoviários cariocas, que mobilizam uma greve desencontrada, e na verdade a população alheia a este fato acaba sendo alvo de informações contraditórias, como Rodoviário de categoria e coração,gostaria que os companheiros orientassem ao povo carioca, particularmente penso que a Greve atual só demonstra disputa política e sem base legal, pois temos uma administração eleita legitimamente, e qualquer tentativa golpista para destituí-la seria retrocesso, num momento em que a democracia: pelo menos do ponto de vista institucional e político. Flui de maneira exemplar; sendo assim as eleições para nova administração deve ser discutida no período próprio, com legitimidade e não pela força, os companheiros opositores têm o direito, como os atuais dirigentes de concorrer à disputa do pleito, para isso existe discussões das propostas, de cada um que será alvo de apreciação da categoria, que dará a aprovação ou rejeição final. Qualquer outro movimento não será respeitado por uma população e categoria já adaptada a plenitude da democracia brasileira; e maturidade política do povo carioca.

As urnas são a nossa arena, e os votos nossas armas!
Gelson da Silva